Mao3D – Nem sempre é possível fazer a protetização infantil

As próteses de membro superior que são produzidas por impressão 3D e doadas pelo Programa Mao3D são baseadas nos modelos livres disponibilizados pela e-Nable. Sempre fazemos alguma modificação no modelo a pedido do usuário para personalizar a prótese. Essas próteses são do tipo mecânico, o movimento de abrir e fechar a mão é acionado pela articulação mais próxima do coto, ou seja, a articulação do punho ou do cotovelo. O coto é a parte do membro que permanece após uma amputação. Em casos de pessoas que nascem sem parte do membro superior, o coto é a parte malformada que não se desenvolveu.

info protese 3D

http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2015/08/vida/tecnologia/205604-impressao-3d-pode-tornar-proteses-mais-acessiveis.html

A Thabata Ganga já escreveu um artigo aqui no Blog mostrando quais são os modelos de próteses que podem ser feitos por impressão 3D. O artigo mostra também como é feita a seleção do modelo ideal dependendo do nível da amputação de que vai usar a prótese.

Mesmo com uma grande variedade de modelos existentes, infelizmente, ainda existem casos em que não é possivel fazer a protetização infantil. Esse foi o caso do Lucas que foi acompanhado recentemente pelo Mao3D.

O Lucas que tem 4 anos, teve uma parte do braço amputado após um erro médico, quando ele tinha 30 dias de vida, em um hospital público de São José dos Campos. O erro médico levou a uma gangrena e por isso o Lucas passou por uma amputação do braço logo abaixo da articulação do cotovelo. Não existem próteses comerciais que possam atender um caso assim, e geralmente a criança deve esperar ficar adulta para receber a primeira prótese mecânica pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Todas as crianças que são atendidas pelo Programa Mao3D passam incialmente por uma triagem no Centro de Reabilitação Lucy Montoro. Quando o Lucas passou pela traigem, a equipe de saúde que o atendeu concluiu que ele era muito pequeno para ser protetizado principalmente por ele ter uma amputação com uma parte óssea muito curta logo abaixo do cotovelo.

Quanto mais próxima é a extremidade do coto até a articulação, mais complicado é o processo de protetização. Mas não existe um modo concreto de se definir se é possível ou não, por isso nós do Mao3D optamos por fazer uma tentativa. Iniciamos o processo de confecção da prótese do Lucas em paralelo com o programa de reabilitação. Na reabilitação ele passou por uma série de atividades com fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais para se preparar tanto psicologicamente como fisicamente para receber a prótese.

A primeira parte da produção da prótese é o processo de obtenção das medidas. No primeiro contato com o Lucas pudemos constatar o que geralmente não se pode ver em uma foto. Apesar do Lucas ter uma parte visivel do antebraço abaixo da articulação do cotovelo, ao fazer um exame mais detalhado observamos que a parte óssea é bem menor do que parece. Isso acontece porque boa parte da ponta do antebraço ou seja, do coto dele, era formada apenas por tecido mole. Isto já era um indício de que neste caso não seria facil fazer a protetização pois a extremidade precisa ser rigida o suficiente para permitir o encaixe da prótese.

A obtenção das medidas do braço em uma criança de 4 anos não é uma tarefa fácil pois ele, como toda criança saudável desta idade não para quieto. A equipe do Mao3D teve que brincar de estátua, contar historia, cantar… Por fim, tentamos 3 métodos: 1) Medida direta (com trena métrica); 2) Fotogrametria (tiramos uma séries de fotos para serem reconstruidas em 3D); 3) Molde de gesso e 4) Escaneamento a laser (com ajuda da Empresa Rellevo Engenharia de São José dos Campos).

medidas Imagens autorizadas pelo responsável

Em todo esses métodos seria necessário que o braço ficasse imóvel, como não foi possivel usamos por fim somente a medida direta feita com trena métrica para definir o tamanho da prótese. Optamos por fazer a prótese do Lucas baseado no modelo Unlimbited ARM da e-Nable onde a parte do encaixe da prótese e moldada diretamente no coto com o material aquecido em banho Maria.

O Lucas participou de todas as etapas da produção, escolheu as cores e o modelo com o escudo do capitão América impresso diretamente na mão. A Terapeuta Ocupacional Patricia Aby do Mao3D nos orientou durante toda as fase de moldagem e teste com a prótese! A modelagem e impressão foi feita pela Ana Paula Cano e Renan Butkeraites. Para a impressão da prótese foi usada uma impressora 3D da Sethi3D e filamento PLA da 3DProcer. Para montagem da prótese usamos ainda acessórios doado pela Klimm Odontologia e pela empresa Gtmax3D.

lucas medidas Imagens autorizadas pelo responsável

Quando a prótese do Lucas ficou pronta fizemos alguns testes iniciais e constatamos que ela tinha ficado perfeita para o tamanho dele. No entanto, o Luca não tinha um coto longo o suficiente para fazer a flexão do cotovelo usando a prótese. 

proteses2

A equipe do Mao3D se reuniu então com a equipe de saúde do Lucy Montoro e o médico chefe que acompanhava o processo dele definou que não seria possível fazer a protetização do Lucas. Ficamos todos muito tristes pois o nosso maior objetivo era de que a protetização dele fosse possível. Até hoje, em casos de uma amputação assim, muito curta logo abaixo do cotovelo, existem somente 2 outras opções:

1) Uso de uma prótese mecânca acionada por tirantes pelo movimento do outro ombro. Este acionamento requer um treinamento complexo e não é recomendado para crianças pequena pois se não for bem feito pode gerar lesões no corpo a longo prazo. Além disso, o sistema de tirantes para o acionamento da prótese e o bloqueio do cotovelo limita o conforto de uso pois aumentaa muito a temperatura da região (Da Luz 2010) conforme a igura abaixo.

tirantes 3Fonte: (Ottobock, 2015)

2) Uso de uma prótese mioelétrica. Este tipo de dispositivo é acionado pelo movimento de determinados músculos que controlam motores que abrem e fecham a mão sendo alimentado por baterias. É um sistema também complexo, ainda não existe no mercado nacional um modelo de prótese mielétrica que seja adequada para o uso infantil. Os modelos atuais são importados, muito pesados e caros chegando até a R$ 300.000,00. Alguns modelos de próteses mioeléticas infantil feitos por impressão 3D estão sendo desenvolvidos pela e-Nable mas eles ainda nao estão prontos.

mioeletricas enableFonte: e-Nable

Estamos pesquisando um modelo mais adequado de prótese mioelétrica para crianças mas ainda estamos na fase de desenvolvimento (Ganga, 2016).

No momento, nem nossa equipe do Mao3D nem a comunidade e-Nable pode oferecer uma solução segura e funcional para um caso como o do Lucas. Estamos aprendendo muito com cada caso que nos dedicamos a ajudar! Muitas questões ainda estão sem respostas mas acreditamos que somente com tecnologia e inovação podemos encontrar soluções para ajudar crianças que nasceram com falta de um um membro superior ou que passaram por uma amputação. Além disso, a participação de profissionais da área de saúde é fundamental no processo de protetização.

  • Video resumo do caso e esclarecimento por Ana Paula Cano: 

  • Veja mais sobre os projetos do Mao3D em http://goo.gl/96Zmsw

  • Acompanhe nossa página no Facebook: http://www.facebook.com/Mao3D

  • Contato: mao3D.unifesp@gmail.com

    Referências: 

    • da Luz SCT, et al. Adaptação à prótese híbrida de extremidade superior: estudo termográfico de um caso.”Fisioterapia e Pesquisa. 17.2 (2010): 173-177.
    • Ganga, TA. Análise computacional da resistência mecânica de uma prótese de membro superior feita por manufatura aditiva. Trabalho de conclusão de curso de Engenharia Biomédica. Unifesp. 2016.
    • Ottobock, Manual de instruções para usuário de próteses exoesqueléticas de membro superior. Otto Bock HealthCare GmbH, Duderrstadt, Alemanha. 2015.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s